Tag: ‘nana’


Aviso: contém spoilers

Flower of Evil é um dorama sobre a vida da detetive de homicídios Cha Jiwon (Moon Chaewon) e seu marido Baek Heeseung (Lee Joongi), um aparente psicopata que troca de identidade para esconder seu passado.

A aparência inocente da detetive não revela sua capacidade em solucionar casos. Jiwon que sempre realizou sua função de forma excepcional, se vê no escuro quando o nome de seu marido entra no meio de um antigo crime. Porém, a fraqueza momentânea não impediu-a de fazer justiça. 

O drama conta com muitas reviravoltas, a forma que a história é apresentada faz com que tenhamos as mesmas informações que os personagens, ficando em choque a cada informação revelada, sendo assim, é imprevisível o que vem à seguir. É uma mistura de sentimentos, a indecisão sobre como devemos nos sentir em relação à Heeseung é notável.

Após a real identidade de Heeseung ser exposta, é colocado em questão se ele foi realmente capaz de tais atos. Como um ótimo pai e marido, talentoso artesão é um assassino? É impactante também ele ter vivido assim por mais de uma década ao lado da esposa que o “procurava”.

Felizmente, tudo caminha bem e é possível entender e compreender cada acontecimento, sem esquecer de novas reviravoltas e de chocar a audiência. O dorama não falha em prender a atenção, não permitindo que algum episódio se torne entediante, até porque é essencial assistir com atenção para que tudo faça sentido no final. 

É muito difícil escrever sem contar detalhes da história, eu gostaria que quem assista, tenha as mesmas reações que eu. Além da temática incrível, é espetacular a construção dos personagens, todos eles possuem sua importância e são essenciais ao desenvolvimento. O cenário combinado com as OSTs trazem a sensação ideal, tornando mais surpreendente as cenas. Não deixe de conferir o drama, cada segundo vale a pena! 



Aviso: contém spoilers.

Protagonizado por Nana e Park Sunghoon, Into the Ring mostra a vida de Goo Sera, uma mulher pobre que já teve diversos empregos e agora decide candidatar-se a vereadora por conta do alto salário. Apesar dos seus interesses, Sera possui boas propostas e sempre mostrou vontade de fazer a diferença. Isso é mostrado no início, onde ela é famosa por estar sempre denunciando problemas na cidade onde vive. 

Seo Gongmyung é um amigo de infância de Sera que ela reencontra durante sua campanha política. Diferente dela, ele possui conhecimento nessa área, portanto decide ajudá-la. 

Sera passa muitos dias trabalhando se promovendo e tentando convencer a população para que vote nela. O voto não é obrigatório, sendo assim, é necessário esforço em dobro. À todo momento, ela é desacreditada por ser jovem e tentar mudar aquilo que sempre foi ignorado pelos políticos antigos, expondo também esquemas de corrupção.

Fora sua luta, o dorama conta com muitas reviravoltas e descobertas sobre ligações entre os personagens, não fugindo muito da realidade, onde os políticos brigam entre si e almoçam juntos (risos). 

Após ser eleita, Sera sofre uma grande repressão de quem já estava ali, em sua maioria homens, que também sempre estão sendo mostrados à frente das decisões, tanto por ela ser jovem como mulher. Ela não se deixa abalar por isso, fazendo sempre um trabalho excepcional e interferindo naquilo que não concorda. E não satisfeita, ela tenta a presidência da câmara. 

É difícil resumir uma história tão boa falando pouco, cada episódio do início ao fim, é interessante. Nana entregou tudo nesse personagem, muitas vezes você nem lembra que é uma atuação. Into the Ring é um dorama que trata sobre política, dificuldades em vários âmbitos e amizade, tudo sem perder o tom de comédia. Uma personagem forte que não leva desaforo para casa, mesmo que isso não afete ela. Sua química com Sunghoon está no ponto, criando o anseio para vê-los juntos logo. Não deixe de conferir e dar uma chance para dramas menos conhecidos 🙂



Aviso: contém spoilers.

#Alive é o novo filme coreano recém-lançado na Netflix. Ele mostra o drama que Joonwoo (Yoo Ahin) enfrenta enquanto está preso em seu apartamento durante um apocalipse zumbi.

Joonwoo que está jogando em seu quarto, nota falhas na TV e em questão de segundos após olhar pela varanda, já há vários infectados correndo insanos atrás dos outros. Ele não deixa seu apartamento, mas a falta de comida o preocupa.

Sem mais esperanças, Joonwoo descobre que além dele também há outra sobrevivente, Yubin (Park Shinhye), que se une à ele através de um walkie talkie. Eles trocam suprimentos e depois se encontram para serem resgatados.

A atuação está no ponto, no entanto o filme não possui muita história. Não é tão focado em enfrentar zumbis, e para muitos pode ser entediante. Por outro lado, para quem não gosta de filmes desse gênero, é fácil de assistir por não ser pesado. Também é interessante como a saúde mental dos personagens é ressaltada, mostrando que eles não são extremamente fortes apesar das circunstâncias. Se você viu outros filmes do mesmo tema certamente vai esperar mais, mas a base será outra.

Não deixe de conferir o filme 🙂



Não é novidade que existam muitos grupos sem o reconhecimento devido, artistas que sempre entregam trabalhos de qualidade mas poucas pessoas ficam sabendo.

UNVS/ UNIVERSE (????) é um boygroup que debutou neste ano na Coréia, após promoverem desde 2016 em Taiwan. Eles são em cinco, sendo Jun.H, YY, Eunho, Changgyu e Jen. O nome do fandom é UNUS.

Discografia

Após o debut, fizeram 2 comebacks e estão no preparo do terceiro, que será lançado no dia 16 de setembro.

MV de debut:

Último lançamento:

 

Integrantes

 

JUN.H

  • Im JoonHyeon (???)
  • Líder, Main Rapper, Vocal, Lead Dancer
  • 28 de agosto de 1991 (Coreano)

YY

  • Jin Yongyong (???)
  • Lead Vocal, Center
  • 30 de agosto de 1991 (Chinês)

Eunho

  • Shin DongGeun (???)
  • Main vocal
  • 10 de setembro de 1992 (Coreano)

Changgyu 

  • Song ChangGyu (???)
  • Lead vocal
  • 6 de julho de 1993 (Coreano)

Jen

  • Kim YeHyeon (???)
  • Rapper, Vocal, Main Dancer, Maknae
  • 27 de março de 1997 (Coreano)

Sigam eles nas redes sociais e não deixem de acompanhar o próximo comeback!

Spotify

Instagram

Twitter

Youtube

Facebook



Aviso: pode conter spoilers.

Um romance e fantasia sobre a vida de um auxiliar de enfermagem que trabalha num hospital psiquiátrico e uma escritora de livros infantis com transtorno de personalidade antissocial.

Considerando o passado traumático dos adultos e como ele sempre volta a tona, já é possível perceber que não é um dorama convencional, sendo assim, pode não atrair todos os públicos. Ele não possui um começo divertido, o ar é obscuro e até mesmo depressivo. 

No início é mostrado como Gangtae (Kim Soohyun) está sempre trocando de local de trabalho por conta do pesadelo que persegue seu irmão Sangtae (Oh Jungse), atormentado pelo assassinato de sua mãe que ele testemunhou 20 anos atrás. Quando criança, Gangtae se sentia deixado de lado pela mãe, que apenas cuidava e tinha carinho com seu irmão mais velho. Mesmo assim, hoje sozinho nunca falhou em cuidar de Sangtae que tem autismo, e dedica toda sua vida à isso. 

Ko Munyoung (Seo Yeji) é a autora favorita do irmão mais velho, que tem o caminho cruzado com Gangtae por essa razão. Ao longo do drama somos levados ao seu passado, e suas atitudes podem ser consideradas um tanto quanto assustadoras mesmo com os motivos que estão por trás, nos fazendo crer que ela é uma pessoa ruim. Munyoung escreve contos de fadas baseados em suas experiências pessoais, e assim temos diversas histórias de uma realidade cruel contadas em tom divertido que nos entretem.

Ao decorrer vemos como Gangtae e Munyoung vão amolecendo, mas o amor cura tudo? Ambos com machucados que foram cicatrizando graças ao sentimento mútuo de carinho, cresceram solitários com o desejo de terem uma família e vontade de serem cuidados. O drama passa a ideia de que família não é só a de sangue mas sim a que olha por você quando uniu Gangtae, Sangtae e Munyoung, realizando a vontade dos três. Sendo assim o que sentiam pode ter sido amenizado, no entanto ainda acredito que não podemos depositar nossas angústias em alguém e esperar a cura. Na fantasia foi bonito e emocionante, tanto a melhora como a liberdade que cativaram, mas não é assim na vida real.

O dorama também possui uma vilã, que na minha visão foi esquecida por conta do grande número de temas que trataram. Sua aparição foi um pouco sem sentido e pode deixar muitos “no ar”. Tirando isso, não encontrei outras faltas, foi tudo muito bem pensado e produzido. O papel do Jungse é admirável, o TEA foi muito bem representado e o ator merece muito reconhecimento! Quanto ao cenário, não falharam em passar as emoções corretas, como a melancolia ou a comicidade em várias cenas. Todos os atores souberam dar vida aos seus personagens, tornando tudo mais interessante de ser ver. 

Agradecimento a Kristal por ter me auxiliado nessa <3



Geralmente os doramas possuem apenas um casal, mas alguns deles acabam tendo outros e que muitas vezes nos cativam mais que o principal! Por essa razão decidi fazer uma lista com casais que todos nós queríamos mais interações ou até spin-off.

Jisoo e Sungmo – He is Psychometric

Não querendo dar spoiler mas todos sabem que eles mereciam um final feliz, é triste pensar no que poderiam ter sido e como os atores também apoiavam… 🙁

Haerin e Seojoon – Romance is a Bonus Book

Os dois se conheceram de uma forma engraçada, e Seojoon sempre foi um fofo e Haerin merecia alguém que a correspondesse. Uma pena que tiveram pouco desenvolvimento.

Sooyeon e Banryu – Hwarang

Era muito fofa a forma que ele se derretia por ela! Apesar da química, o final ficou no ar e faltou desenvolvimento para os dois.

Ohje e Hwiyoung – At Eighteen

Eu sei, eu sei que não chegaram a ser um casal mas quem não queria que tivessem sido? 

Myungjoo e Daeyoung – Descendents of the Sun

Mesmo lidando com a desaprovação do pai dela, continuaram sendo uns fofos!

Alberto/Seungjun e Seo Dan – Crash Landing on You

Por último mas não menos importante, o casal que fez todo mundo se apaixonar! Até hoje estou no aguardo do spin-off (de preferência com ele vivo, produção!) pois os dois eram incríveis juntos além de engraçados. Com certeza injustiçados.

Obviamente tem outros casais incríveis que não mencionei, então isso fica com vocês!



Dessa vez decidimos unir o útil ao agradável e recomendar doramas com idols pois existem vários muito bons que valem a pena conferir!

Welcome

Neste Myungsoo do Infinite é literalmente um gato! Com a habilidade de se transformar em humano, passa a viver uma vida dupla para ficar com sua dona Seolah (Shin Yeeun)

Vagabond

Suzy do Miss A é conhecida pelos numerosos papéis de qualidade que já teve, e em Vagabond não é diferente: ela é agente do Serviço Nacional de Inteligência e ao lado de Lee Seunggi, começa a investigar casos de corrupção por trás de um acidente de avião.

Moment At Eighteen

Ong Seongwoo do Wanna One já provou ser um ator brilhante. Neste, ele vive um garoto de personalidade quieta que vê sua vida mudar após trocar de escola. O dorama também conta com Moonbin do Astro, onde interpreta um adolescente que enfrenta dilemas como os outros, incluindo sua paixão por um colega de classe.

Hotel del Luna

IU encena uma CEO de um hotel que por conta de um erro, está presa nele até hoje. Curiosamente a clientela é composta só por fantasmas. O drama também tem a participação de Mina do Gugudan.

He is Psychometric

Jinyoung do GOT7 tem ganhado bastante espaço nos doramas e neste ele protagonizou pela primeira vez. Ele vive um garoto capaz de ver segredos e memórias das pessoas ao tocá-las, e ao lado de Jaein (Shin Yeeun) que tenta esconder sua dor, eles vão solucionar muitos mistérios. O drama conta também com Dasom do Sistar.

My First First Love

Chaeyeon do DIA é Songyi, amiga de infância e paixão de Taeoh (Jisoo). O dorama mostra a vida dos cinco amigos que vivem juntos, e as barreiras que surgem quando começa a namorar Dohyun (Jinyoung do B1A4).

My ID is Gangnam Beauty

Eunwoo do Astro vive um universitário conhecido pela sua beleza. Ele reencontra sua amiga de infância Mirae (Im Soohyang), que sempre sofreu bullying por ser “menos” bonita que os outros, mas acontece que agora ela tem plásticas e não é mais rejeitada. Ele é interessado por ela porém prova que sempre foi por seu interior, não aparência.

Sassy Go Go

Eunji do Apink é uma jovem estudante em um dorama que revela as hipocrisias e absurdos do sistema educacional e como os alunos se esforçam para crescer. O drama também tem participação de N do Vixx, Younghoon e Jaeyong do Halo e Byungchan do Victon.

Just Between Lovers

Junho do 2PM vive um sobrevivente de um desabamento, anos depois começa a trabalhar em sua reconstrução e deve aprender a lidar com o acidente que mudou sua vida tão dramaticamente.

Prison Playbook

Krystal do f(x) atua como namorada de Jehyuk, um jogador de beisebol que é preso. O drama é voltado para os acontecimentos e a vida dentro da prisão. Prison Playbook também tem papel de Seungyoon do Winner.

Obviamente existe uma imensidão de dramas com idols que merecem uma chance, não deixe de apoiar o trabalho do seu ídolo!



Aviso: pode conter spoilers.

Itaewon Class é um dorama original da Netflix que foi baseado num webtoon de mesmo nome. A história é voltada para a vida de Park Saeroyi (Park Seojoon) e dos que o rodeiam. Ele sempre se mostrou alguém inconformado com injustiça, e logo no início mostra-o batendo em Jang Geunwon (Ahn Bohyun) após uma situação de bullying cometida pelo segundo contra um colega de classe.

Ele só não contava que o progenitor de Geunwon era patrão de seu pai, e que isso lhe causaria muitos problemas futuros. O trato era Saeroyi ajoelhar e se desculpar com o outro garoto, e assim, continuaria na escola. Ele recusou esse tipo de submissão, portanto, acabou sendo expulso e seu pai pediu demissão por conta da humilhação à qual seu filho foi exposto pelo próprio chefe.

Como se esse sufoco não fosse suficiente, o pai de Saeroyi morre atropelado, e no dia do velório ele descobre que o responsável pelo crime é Geunwon, que já havia lhe ocasionado muitos problemas. A fim de se vingar, ele vai atrás do criminoso e espanca-o. Por conta disso, acaba sendo preso.

Enquanto estava no presídio, acabou por ler muitos livros sobre empreendedorismo, inclusive os de Jang Daehee, pai de Geunwon. Quando libertado, abriu um bar no bairro de Itaewon junto com alguns colegas, sendo um que conheceu na prisão. Assim, começava sua vingança e com conviccção iria destruir a Jangga, empresa de Daehee.

O que o drama ressalta?

Desde o início, é salientado que não devemos permitir que sejamos alvos de submissão, omissão e humilhação àqueles que não querem nosso bem. É importante que mantenhamos nossos princípios e valores, pois isso nos dará retorno em algum momento.

O drama mostra que todas às pessoas possuem uma história, um passado, um sonho ou algo que tenha moldado seu ser atualmente. A vida é feita de escolhas, cabe à você decidir seu futuro, e se quer mudar ou não. Saeroyi tinha um desejo, a vontade de crescer e destruir quem tanto o fez mal, e assim o fez. Não importa se aquilo levou muito tempo, ele lutou e mesmo sendo derrubado muitas vezes, nunca perdeu a esperança.

O papel de cada um

É vultoso lembrar de todos os personagens, que em algum instante deixou algo a ser aprendido. Não é só sobre o ex-presidiário que construiu uma empresa, temos também uma garota que acabou de terminar a escola e mesmo assim é extremamente hábil, e se não fosse por ela, a evolução do bar teria sido em ritmo mais lento. Há uma personagem transgênero! É muito necessário falar nela e como nunca foi apagada no drama. Muitas pessoas se chatearam por ter sido protagonizada por uma atriz cisgênero, porém o tema em si já é um passo enorme, Ma Hyunyi (Lee Jooyoung) foi muito bem aceita e esperamos que isso de abertura para mais papéis assim.

Resumindo, em IC você pode ser quem quiser! Se sinta, seguro e livre de julgamentos. É muito bonita a forma que diferentes realidades, mesmo que tristes, são mostradas. Você vai se emocionar muito, mas terminar com um aprendizado imenso.



Esse período está sendo um tanto quanto entediante para quem não pode sair de casa, então algumas curtas e webdramas para passar o tempo. Eles são uma boa para quem não é fã programas de longa duração, ou simplesmente quer ver algo novo.

In the Absence

Indicado ao Oscar, In the Abscence é um documentário sobre o naufrágio do navio Sewol, onde mais de 300 passageiros morreram, sendo a maioria adolescentes.

Assista aqui.

FAILing in Love

Parang (Son Sangyeon) sofre de um distúrbio de ansiedade de separação, o que o deixa mal quando não há ninguém com ele. O seu objetivo de vida é ter uma namorada que esteja ao seu lado o tempo todo, e ele decide criar coragem para confessar o seu amor a uma garota.

Assista aqui.

Two Sisters

Mostra a jornada de duas irmãs tentando fugir da Coreia do Norte após seus pais serem levados para à prisão por razões desconhecidas.

Assista aqui.

One Fine Week

Daeun (Jisoo do Lovelyz) se parece exatamente com a idol Kim Byul, e quando ela enfrenta problemas, Daeun é chamada para substituí-la. Durante esse tempo, se apaixona por Jungwoo (Junseop do MYTEEN).

Assista aqui.

One Last Order

Produzida pelo youtuber Gu Kawashita, essa curta mostra Jongin, o cliente de um café que passa a receber bilhetes anônimos com poemas e tenta descobrir qual dos funcionários os escreve.

Assista aqui.

Pragma

Duas estudantes se apaixonam mas são impedidas pela escola, anos depois se reencontram e as coisas fluem.

Assista aqui.

The Boy Who Made The World Dance

Yuwol é um garoto que nunca para de dançar, certo dia um ‘vírus’ de dança se espalha pela escola fazendo todos dançarem e ele é acusado de ser o culpado.

Assista aqui.

The Man on the Facebook Page

O que fazer quando você tem um crush secreto mas é tímido demais para fazer algo então só fica olhando?

Assista aqui.

Knocking on the Door of Your Heart

Um garoto decide entrar numa competição de escrita para impressionar a menina que ele gosta.

Assista aqui.

Ways to Hate You (EP. 2)

O motivo pelo qual o garoto bonito é sozinho na escola.

Assista aqui.

What If You Are A JYP Entertainment’s Trainee?

O que acontece quando você se torna uma trainee da JYP e dá de cara com o Stray Kids?

Assista aqui.

Are You a Dog or a Cat Person?

Uma curta muito adorável dos membros do ATEEZ com animaizinhos!

Assista aqui.

Lembrando que existe uma imensidão de curtas-metragens sobre diversos temas que podem ser encontradas facilmente na internet. Não deixe de buscar por elas, você com certeza vai encontrar uma que se encaixe perfeitamente no seu estilo e adorar!



Aviso: pode conter spoilers.

Holo, Meu Amor é um dorama que mistura o gênero romance com sci-fi, contando a história de Soyeon (Go Sunghee) e sua rotina após conhecer um holograma (Holo). 

Soyeon sofre de prosopagnosia, um problema que a torna incapaz de reconhecer rostos, se mantendo distante das pessoas que não sabem dessa condição e recebendo muitos adjetivos que não a representam.

Holo é um holograma com inteligência artificial criado por Go Nando (Yoon Hyunmin) e que tem a aparência de seu dono. Para vê-lo é necessário um par de óculos, que num momento inesperado cai na bolsa de Soyeon.

A trama se inicia quando ela os coloca e passa a ver o tal holograma, se assustando com seu realismo mas logo depois aceitando e utilizando-o. O produto tão genial é consideravelmente perfeito por ter solução para qualquer problema e sua competência facilita o dia-a-dia de seu usuário. Contudo, a única testadora e seu desenvolvedor não tinham ideia que ele seria capaz também de criar sentimentos, e pior ainda, tê-los retribuídos por Soyeon.

Go Nando é um hacker fugitivo da polícia, que fundou uma empresa de TI e deu vida à muitas genialidades. Ele passa a observar a única usuária do Holo como uma forma de controlá-lo, porém após alguns eventos, é obrigado a fingir ser o holograma. Assim, sentimentos por Soyeon começam a surgir, e ela também se vê em um romance impossível sem saber que existe uma versão real do objeto.

Depois de algum tempo, ela passa a reconhecer o rosto de Holo e Nando, descobrindo a existência do desenvolvedor, tendo seus sentimentos e sua mente bagunçados.

Num geral, o dorama é favoravelmente produzido e detalhado, nos fazendo crer que é possível a existência de um sistema assim. Apesar do gênero tão “tecnológico”, ele não deixa de possuir momentos tensos e sentimentais. A relação dos personagens é muito bem desenvolvida contendo diversos acontecimentos com razões que podem unir ou separá-los.

Holo, Meu Amor pode ser assistido através da Netflix e o trailer se encontra aqui.

 



Aviso: pode conter spoilers.

Bong Joonho, o mesmo produtor de Okja e O Hospedeiro, dessa vez voltou com Parasita, uma obra de roteiro jamais visto na indústria cinematográfica. O filme conta a história de duas famílias extremamente diferentes: de um lado os Kim, que vivem numa casa no subsolo e embalam caixas de pizza para sobreviver. De outro estão os Park, que possuem o dinheiro como solução para tudo.

Os Kim sempre enfrentaram muitos problemas, mas o que poderia ser considerado ruim para muitos, foi considerado um benefício para eles, como o exterminador de pestes da rua. Num geral, a família acabou aprendendo a lidar com essa vida e se ajustar ao que acontecia. No entanto, Giwoo, o irmão, decide tentar trabalhar como professor de inglês na mansão dos Park. Falsificando um diploma e alterando seu nome para Kevin, ele sucede na vaga. Mas esse foi só início de uma grande história. Não satisfeito, junto com seus pais e irmã, decidem criar um plano para todos trabalharem na casa, não se importando se tivessem que demitir os antigos funcionários.

Apesar do resumo básico, Parasita possui muito mais camadas do que é lido, e é preciso assistir com atenção para entender e pegar diversas ideias soltas pelo cenário.

Desde a diferença que existem entre as casas que ambas vivem até na vizinhança. A família rica vive no alto, numa região urbanizada e limpa em uma grande casa, enquanto a pobre mora num bairro que fica escadaria abaixo, sem estrutura e num tipo de porão úmido e escuro, que sofre uma forte enchente em certo momento.

Sem que os Park percebam, eles começam a por em prática o que planejaram, rapidamente tomando conta da casa. Eles só não esperavam que após o desenlace, a antiga governanta, agora substituída por Chungsook, voltaria. Depois de mostrar que escondia algo na mansão, a história tem seu roteiro completamente alterado.

É claro que a mentira deveria ser descoberta em alguma hora, e assim acontece, com tudo desmoronando e com um desfecho sem moralidade, algo que ninguém espera.

É cômico assistir a classe alta sendo enganada, e você pode considerar Parasita uma comédia por isso, mas, é interessante perceber como as pessoas podem passar por cima de outras num momento de desespero, sem pensar nas consequências. “Você sabe que tipo de plano nunca falha? Nenhum plano. Sabe por quê? Porque a vida não pode ser planejada.” Essa é a frase de Gitaek para seu filho Giwoo ao ser questionado sobre o que fariam com suas mentiras após o incidente daquele dia.

O filme nos dá muito a ser pensado, dando mensagens explícitas mostrando que existem dois lados de tudo e como os ricos não olham para baixo. Um exemplo disso é a chuva que afetou a vida dos Kim mas foi vista com felicidade e gratidão pelos Park.

Confie nas opiniões positivas e confira essa obra fantástica 😉



Se você é fã de doramas, obviamente fica ansioso pela divulgação do próximo k-drama da sua emissora favorita, e principalmente, se contará com a atuação do seu ator preferido. Vários já foram anunciados, uns com lançamento ainda nesse semestre e outros com gravações a serem iniciadas.

Esse post contará com uma lista dos dramas que já estamos esperando ansiosos para assistir. Confira:

Forest

Sanhyuk (Park Haejin) é um membro da equipe de resgate 119 enquanto Youngjae (Jo Boah) é uma cirurgiã residente. Eles acabam se encontrando numa floresta misteriosa e mesmo sem querer são obrigados a viver juntos, descobrindo pequenos prazeres e um segredo sobre si mesmos e a floresta.

Seu lançamento foi dia 29 de janeiro e pode ser assistido através do Viki.

Assista ao primeiro e segundo teaser!

Itaewon Class

No primeiro dia de aula, Saeroyi (Park Seojoon) bate em Geunwon que estava fazendo bullying com outro colega. O pai do provocador é patrão do pai de Saeroyi, sendo assim, demite-o enquanto o garoto também é expulso do colégio. Mais tarde, Geunwon causa um acidente onde o progenitor de Saeroyi morre, gerando fúria no menino e levando-o a ser preso por espancar o bully. Quando livre, abre um restaurante em Itaewon com Yiseo (Kim Dami), uma jovem apaixonada por ele.

Toda semana a Netflix irá liberar 2 episódios, o primeiro foi ao ar dia 31 de janeiro. Não perca!

Assista ao teaser!

My Holo Love

Soyeon (Go Sunghee) se fecha para sua vida pessoal incluindo relacionamentos por sofrer de prosopagnosia, sendo incapaz de reconhecer rostos. No entanto, se vê apaixonada por um holograma chamado Holo e seu criador, Nan-do (Yoon Hyunmin), um CEO fugitivo que supostamente morreu 10 anos atrás.

Todos os episódios foram ao ar na Netflix em 7 de fevereiro.

Confira o teaser!

I’ll Find You on a Beautiful Day

Após se demitir, Haewon (Park Minyoung) decide morar com sua tia numa cidade no campo. Lá passa a trabalhar na livraria de Eunseob (Seo Kangjoon), que começa a desenvolver sentimentos por ela.

O primeiro episódio estará no Viki a partir do dia 24 de fevereiro.

Assista ao primeiro e segundo teaser!

Welcome

Hongjo (L) é um gato que pode se transformar em humano, sua dona Solah (Shin Yeeun) é uma amante de animais e muito bondosa que decide levar esse felino tão especial para casa. Ela só não esperava acabar numa situação completamente diferente.

Ele será transmitido no Viki e o primeiro episódio irá ao ar em 25 de março.

Assista ao teaser!

Sweet Home

Hyunsoo (Song Kang) fica traumatizado após sofrer bullying na escola e por isso decide se trancar em seu quarto. Após perder sua família, se muda para um apartamento e começa a presenciar acontecimentos estranhos e se vê obrigado a salvar pessoas que se tornam monstros pela ganância.

Ao que indica será lançado esse ano e transmitido pela Netflix.

Eu adicionei apenas os mais antecipados, porém existem muitos outros que já foram anunciados e que vocês deveriam conferir para não ficarem por fora da conversa de dorameiros 😉



Assim como nos anos anteriores, 2019 contou com produções incríveis, algumas ainda inacabadas com fim previsto pro início desse ano. Sendo assim, selecionei minhas preferidas com um breve resumo, confira:

10. The Stranded

Original da Netflix tailandesa, The Stranded — em português Nada ao Redor —, conta a história de jovens estudantes de uma escola localizada numa ilha paradisíaca afetada por um tsunami. Agora sem recursos, eles terão que aprender a trabalhar em grupo para sobreviver enquanto esperam por resgate, mas não contam com as situações paranormais que enfrentarão.

9. Romance is a Bonus Book

Cha EunHo é um escritor famoso, e sua melhor amiga de décadas, Kang DanYi, a mais nova funcionária de sua editora. Ela chega nesse patamar após ter enfrentado diversos problemas da vida adulta, e agora mais velha não tem as mesmas oportunidades de antes. EunHo será o seu maior apoio nesse momento difícil onde é testada a todo momento por conta de sua idade e experiência, ela só não espera que depois de anos se envolverá romanticamente com ele.

8. Her Private Life

Perfeito para quem gosta de um clichê reunido com a cultura do K-Pop. Deokmi é uma excelente profissional no seu ramo de curadora numa galeria de arte, não permitindo que as pessoas desconfiem que ela guarda um segredo, ser fansite do famoso Cha Sian, que é interpretado pelo rapper One. Ela vê sua vida virar de cabeça para baixo quando conhece Ryan Gold, um famoso pintor e agora diretor da galeria, se vendo incapaz de manter esse “trabalho”.

7. The Untamed

Baseado no donghua Mo Dao Zu Shi, conta a lenda de Wei Wuxian e Lan Wangji que são almas gêmeas e membros de clã diferentes, enquanto um é visto como bom e “salvador” o outro é temido por todos. Com muitos conflitos, essa definição é posta em questionamento 16 anos depois da suposta morte de Wuxian, quando ele reaparece fazendo os outros se perguntarem até que ponto essa história está correta.

6. Uma Noite de Primavera

Lee JungIn é uma bibliotecária e seu namorado um bancário, eles se veem num desentedimento quando devem tomar outros passos como casamento. Esse problema só aumenta quando ela conhece Jiho, um pai solteiro e farmacêutico. Não é um romance comum, isso é mostrado á toda hora com as dificuldades que todos eles enfrentam e como lidam com isso, tendo que se desconstruirem em várias situações.

5. Children of Nobody

Apesar de ter sido iniciado em 2018, ele terminou em 2019 então o considerarei. É um dos doramas mais inteligentes que assisti e é capaz de te surpreender a cada cena. Cha Wookyung é psicológa de um orfanato, quando se encontra num labirinto após um acidente que mudou sua vida. Ela passa a sofrer com alucinações, enquanto isso uma série de mortes ocorre na cidade, colocando o detetive Kang Jihun a trabalho. A sinopse não soa interessante e no começo é tudo muito confuso, porém ele te prende e faz você se perguntar por que não começou antes.

4. Moment At Eighteen

Junwoo é um estudante transferido por violência, na nova escola se mostra um aluno muito quieto até que passa a chamar a atenção de Soobin. Hwiyeong é de início receptivo mas após ver um sentimento crescer entre o novo aluno e sua amiga, tenta prejudicá-lo de todas as formas. O dorama possui muito aprendizado e mostra os dilemas da vida adolescente, como pressão para ser perfeito e problemas familiares que refletem na vida escolar dos jovens.

3. He is Psychometric

Lee Ahn é apenas um jovem que tem o poder de ver memórias das pessoas ao tocá-las, enquanto a policial Jaein faz de tudo pra esconder seus pensamentos. Juntos eles trabalham para resolver os mistérios e problemas que os cercam, como assassinatos. Em meio à uma avalanche de conflitos e sentimentos, também descobrem como suas vidas são interligadas e que as pessoas não são aquilo que parecem ser.

2. Para Sempre Camélia

Esse drama conta a história de Dongbaek, uma mãe solteira que decide recomeçar sua vida em uma cidadezinha, onde conhece Yongshik, um humilde policial que está decidido a mostrá-la um lado melhor da vida, devolvendo a ela vontade de continuar e realizar seus sonhos. Dongbaek só não espera pelos acontecimentos anormais e misteriosos que a perseguem junto com retornos inesperados, levando ela a tomar decisões difíceis. Aqui você pode conferir uma resenha completa dele.

1. Vagabond

Em português Retaliação, mostra a vida de Dalgeon, um dublê que decide vingar a morte de seu sobrinho, morto num ataque terrorista à um avião. Ele acaba se envolvendo mais do que deveria, sofrendo muitas consequências dos mais poderosos e do governo. Haeri é membro do Serviço de Inteligência e se une a ele nessa missão após descobertas anteriores dos dois. É perfeito para quem gosta de luta corporal e suspense, apesar de improváveis algumas cenas parecem muito reais, te deixando vidrado e também curioso para o que virá em seguida.

Infelizmente só pude acrescentar 10, mas 2019 contou com mais dezenas de doramas maravilhosos e que devem ser reconhecidos. A Netflix continua ampliando seu catálago acrescentando dramas bons para todos os gostos, assim como o Viki que é focado apenas na TV asiática. Por isso é bom estar sempre atento ao que vem sendo lançado para não perder programas sensacionais.



Aviso: pode conter spoilers.

Para Sempre Camélia é um dorama que mistura o gênero comédia-romântica com suspense. A trama conta a história de Dongbaek (Gong Hyojin), uma mãe solteira que recomeça sua vida abrindo um bar chamado ‘Camélia’ na pequena cidade de Ongsan, dando duro pra sustentar a si e seu filho ainda bebê, Pilgu (Kim Kanghoon). Ela cresceu orfã e enfrentou diversos obstáculos até então, se sentindo imensamente azarada. Entretanto, o policial Yongshik (Kang Haneul) se apaixona à primeira vista por Dongbaek, revirando seus sentimentos e fazendo-a questionar se é merecedora dos cuidados dele. Ela se sente mais abalada quando seu ex-namorado, o famoso jogador de beisebol Kang Jongryeol (Kim Jisuk), retorna a sua vida. O Kang poderia ser considerado um grande problema, se não houvesse um serial-killer rondando Ongsan e tendo Dongbaek como seu alvo.

O que é desafiado?

Dongbaek além de gerir um bar, é bonita e tem um filho, levando os vizinhos à debaterem onde está seu marido, acarretando então comentários machistas após saberem que a mulher é na verdade solteira. Logo no início, ela se denomina “autossuficiente” provando que consegue batalhar sozinha sem precisar de outras pessoas ao seu lado.

Apesar da postura de mulher forte e guerreira, Dongbaek se mostra muito sensível e chora incontáveis vezes com motivos que podem ser considerados bestas por nós, provando que as palavras dos outros podem machucar mesmo que sem intenção, nos levando a pensar duas vezes no que dizer.

Em meio a tanto caos, um assassino às soltas atacando pessoas próximas dela e até mesmo Dongbaek, o seu maior desafio é a criação de seu filho, sendo vista até como egoísta por querer o melhor para Pilgu, abrindo mão de sua felicidade para vê-lo satisfeito. Ele também possui a imagem de protetor, mesmo criança, se preocupa com a segurança da mãe e com assuntos considerados de “adultos” fazendo-a acreditar que apenas os dois são suficientes um para o outro.

Dongbaek e Yongshik

Para Sempre Camélia não é um típico dorama romântico que mostra cenas felizes ou melosas ao longo dele, e sim um grande aprendizado se igualando às dificuldades da vida real. Yongshik é o primeiro a se apaixonar, fazendo-o ir atrás de Dongbaek por algum tempo. Antes de ela ceder, ambos sofreram, seja ele por se entregar totalmente, colocando-a no topo de sua “lista” de importância, ou Dongbaek por pensar que Yongshik é bom demais para ela.

Ele é um policial que foi rebaixado de seu cargo por agredir um criminoso, e agora de volta a Ongsan, quando a população é assombrada pelo denominado ‘Curinga’, conhece a mulher dos seus sonhos, e com seu senso de justiça, arrisca tudo para proteger a ela e seu filho, pois se lembra de sua infância ao ver Pilgu.

Dongbaek nunca tinha sido tratada com tanto carinho e atenção, e repete isso diversas vezes mesmo quando os atos dele são mínimos, duvidando dele e dividida entre se sentir grata ou um incômodo.

Ao fim da história, é admissível a compreensão de que acreditando um no outro, é possível superar barreiras. Ela, que não tinha mais tanta esperança e se dedicava integralmente ao filho, recebeu outra chance de ser feliz. “A felicidade vem depois do sofrimento” é sua fala no último episódio, e faço de suas palavras as minhas.

Sobre a história

Ignorando minhas palavras que soaram como um conto de fadas, o drama é repleto de momentos de tensão e reviravoltas com atos um tanto quanto “pesados” desse serial-killer. Você irá se perguntar quem é o ‘Curinga’ e desconfiar de algumas pessoas, porém a resposta é incerta até o final.

Para Sempre Camélia vai te fazer questionar muitas coisas do seu dia a dia, te dar vontade de ligar para sua mãe, lembrar ou querer um amor… são sentimentos diversos, você irá rir, chorar e se sentir como parte da história.

O cast é veterano, e suas experiências faz com que os personagens sejam interpretados assim como o roteiro, com qualidade do início ao fim, de forma limpa e clara, sem que o telespectador perca o interesse ou se sinta cansado ao assistir.

A imagem também é agradável, o cenário é bonito e bem aproveitado, combinando com toda a trama e trazendo o sentimento correto para cada cena, nos permitindo captar as expressões e até sentir o mesmo que eles.