“Shine: Uma Chance De Brilhar”  de Jessica Jung é uma experiência incrível pelo mundo do kpop. A autora inclusive é ex- integrante do icônico Gilr Group SNSD formado pela SM entertainment. Qualquer semelhança com a terrível empresa fictícia citada no livro, a DB entertaiment, não é mera coincidência. Nesse sistema a pressão é absurda e nada menos do que a perfeição é aceitável

Cabeça erguida, pernas cruzadas. Barriga para dentro, coluna ereta. Sorria como se o mundo inteiro fosse seu melhor amigo.

Shine conta a história de Rachel Kim uma trainee da DB entertainment   que sonha com seu debut. Durante a leitura somos apresentados a várias pautas interessantes que são discutidas com leveza. A primeira, é a xenofobia enfrentada por Rachel que é asiática e americana, durante sua vida nos Estados Unidos Rachel não se sente representada e deseja não ser coreana porque se considera muito diferente, apenas conseguindo se conectar com sua identidade através das músicas e dos MVs de kpop que assistia. Porém, quando se muda para a Coréia ela também sofre preconceito por não ser completamente asiática, logo percebemos que o único lugar em que Rachel se sente completamente pertencente é no palco se expressando através do kpop.

Esse olhar sensível só poderia ter sido escrito por alguém da indústria o que dá um toque muito real e sincero a toda a história.

Outro nuance observado é o quanto essa indústria é perfeccionista, já que a maioria dos idols desistem dos estudos para se dedicar desde criança ao treinamento. Pelos bastidores podemos acompanhar os treinamentos de mídia, as avaliações mensais e a imensa competição existente. Pode-se dizer que Shine é essencialmente sobre representatividade, determinação e claro tudo com um romance muito carismático.

O machismo também é outra questão abordada no livro, há sempre um contraste entre o modo de tratamento de Rachel e de seu par romântico, o charmoso Jason. A diferença sempre é nítida, enquanto os repórteres perguntam sobre a música e a mensagem que Jason quer passar, enquanto que para Rachel as perguntas sempre são relacionadas a sua aparência ou quanto tempo ela demora para se arrumar

Todas as questão são acompanhadas por um afável romance com interações que vão derreter seu coração! Uma vibe de dorama super clássica que vocês já devem conhecer. Shine, é essencialmente entretenimento e uma olhadinha nos bastidores sobre esse mundo tão vasto do kpop, sob o olhar lúdico de alguém que já esteve na parte mais brilhante da indústria (Por favor leiam essa obra de arte que eu não quero surtar sozinha. )

Provavelmente, Shine será um marco já que a obra termina em aberto a narração é bem objetiva e fluída o que deixa as cenas bem claras na mente como se fossem passagens de um dorama. Quem sabe não teremos uma adaptação pela Netflix em breve?

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
162
Luana
Oie gente eu sou a Annie! atualmente sou vestibulanda! Amo escrever,ler e assistir doramas. Sempre fico muito feliz em poder compartilhar tudo isso por aqui. Tomara que meus textos agradem vocês!

    1 Comente

    1. Everything is very open with a very clear explanation of the issues.
      It was definitely informative. Your website
      is very helpful. Thank you for sharing!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    você pode gostar

    Mais em Resenha